tnonline.com.br

Apucarana

Mudar Localidade: Arapongas | Vale do Ivaí

  • Domingo, 02 de Março de 2014
  • 30 ºC


  • 16 ºC
Selo IVC
Você está aqui: Página Inicial / Arapongas

Publicado em 06 de Agosto de 2012, ás 08h13min

Acidente em Arapongas com carros de Apucarana deixa 3 mortos

As vítimas ocupavam o Fiat Prêmio placas BFL-7244, de Apucarana, conduzido por Carlos Henrique Erick, de 63 anos

TNOnline Luiz Demétrio

Uma colisão de veículos por volta das 20 horas de sábado (4), na km 194 da BR-369 (Rodovia Mello Peixoto), nas proximidades de Aricanduva, entre Apucarana e Arapongas, provocou a morte de três pessoas. Um dos carros envolvidos no acidente pegou fogo após a batida.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), as vítimas ocupavam o Fiat Prêmio placas BFL-7244, de Apucarana, conduzido por Carlos Henrique Erick, de 63 anos, que teria parado atravessado no meio da rodovia. O Fiat se incendiou após ser atingido pelo VW Gol placas AMT-6400, também de Apucarana, que vinha atrás e era dirigido por Helli de Angeles Miquelão, de 23 anos.

Com o impacto da batida, os dois passageiros do Fiat Prêmio, José Martins Neto, de 44 anos, e Augusto Nogueira, de 38 anos, foram jogados para fora do carro e tiveram morte instantânea. Carlos Henrique Erick ficou preso no veículo e sofreu queimaduras pelo corpo. Ele chegou a ser retirado do Fiat Prêmio e foi levado com vida ao Hospital Regional João de Freitas, em Arapongas, mas morreu logo depois.

Patrulheiros acrescentaram que um quarto passageiro do Prêmio, que estava do lado de fora do carro no momento da colisão porque havia descido do automóvel para "sinalizar" que o condutor iria supostamente fazer uma manobra na pista, conseguiu escapar ileso.

Informação preliminar da PRF dá conta Erick estaria alcoolizado no momento do acidente, pois ele, José e Augusto estariam em um baile e seguiam para outro, conforme informações repassadas pelo quarto ocupante do Prêmio que nada sofreu.

O motorista do Gol, Helli de Angeles Miquelão, também acabou jogado para fora do veículo com o impacto. Ele foi encaminhado em estado grave para o Hospital Regional João de Freitas, em Arapongas.

Os corpos das vítimas fatais foram levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Londrina para necropsia.

Aviso Importante: O TNonline não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo que sejam postados por "USUÁRIO".

Atenção: Seu comentário passará por um filtro de moderação. O TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site.

Escreva seu comentário

escreva seu comentário

O TNonline não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo que sejam postados por "USUÁRIO".

AntiRobo enviar comentário
Seu comentário foi enviado e aguarda aprovação.

  • leonel 06/08/2012 14h28

    e lamentavel mas esse e o preço que se pagadepois de encher a cara de bebida alcolicanao adiantaria radar quebramola ou mais sinalizaçaopara um bebado irresponsavelso precisa de responsabilidadeconciencia e amor ao procimo

  • Paula 06/08/2012 11h19

    Concordo com Rafael, realmente tem placas avisando a velocidade, mas a maioria não respeita, talvez radar resolveria começar a fazer doer no bolso quem ultrapassar a velocidade naquele trecho, quem sabe assim começam a respeitar. Pesames a familia

  • AFF 06/08/2012 10h28

    Esse trecho entre Apucarana e Arapongas tá complicadinho né... toda semana tem gente morrendo... que Deus conforte o coração dessas famílias...

  • Rafael 06/08/2012 09h21

    Mais um acidente trágico naquele trecho de Aricanduva, lamentável ver o descaso das autoridades com aquele trecho. Mas muito também vem da imprudência de muitos, trefego por aquele trecho quase que diariamente e é comum ver o desrespeito de muitos, o trecho compreendido da Nortox até retorno onde recentemente houve outro acidente grave a velocidade máxima é de 60kmh porém se vc andar a essa velocidade ali outros passam por cima. Vale lembrar também que ontem (domingo) a cerca de 2,5km daquele local, defronte a Belagricola entre Aricanduva e Arapongas, outro acidente ceifou a vida de mais um motociclista que segundo informações saia do trabalho. Então até quando vamos ter que amanhacer com essa notícias sobre aquele trecho? De nada adianta a PRF ficar nos retornos de Aricanduva com radares para pegar que passa ali a mais de 60 por hr, se o povo não se concientizar, está na hr de exigirmos mais por nossas vidas!!!!!

  • Sra Fizófola 06/08/2012 08h24

    Sinto muito pelo acidente ocorrido,o Sr Carlos depois de 63 e três anos ter uma morte como essa e muito triste,meus pêsames para família.

  • Sra Fizofola 06/08/2012 08h40

    A cada dia que passa,eu fico mais horrorizada comas coisas que acontecem,vejo que temos que valorizar muito as pessoas que amamos,pois nunca sabemos quando teremos que dizer um adeus e nem como.Imagina a família como não deve estar,eu sei que por um momento de descuido coisas trágicas acontecem,agora o Sr carlos depois de 63 anos de vida ter uma morte como essa,e os filhos,netos,esposa se ainda tiver, se eu já leveium choque com essa noticia,eles então sem comentários. Bem amigos olha eu e o Fizófolo andamos de moto praticamente todos os dias e o trânsito esta cada dia pior,olha que ele toma todos os cuidados por que sofrer acidente de moto pode ser letal,mas infelizmente existe outros imprudentes que não tem noção do perigo.Sintomuito pela família.

Carregar mais comentários