Você está aqui: Página Inicial / Esportes

Publicado em 07 de Abril de 2013, ás 12h33min

Ginasta Sérgio Sasaki é 5º no individual geral em Tóquio

Agência Estado: AE, em Tribuna do Norte

O brasileiro Sérgio Sasaki encerrou neste domingo a sua participação na etapa de Tóquio da Copa do Mundo de Ginástica Artística e terminou a disputa do individual geral na quinta colocação. Ele somou 87,750 pontos nos seis aparelhos - solo, cavalo com alças, argolas, salto, paralelas e barra fixa. Renato Araújo, um dos técnicos da seleção brasileira, aprovou o desempenho de Sasaki.

"Ele somou 87,750, isso porque o novo código diminuiu 1,00 ponto no salto. Ele somou quase os mesmos pontos dos Jogos Olímpicos e isso é muito bom para nós no início de um ciclo. Também foi muito importante não ter nenhuma queda e, ficar entre os cinco melhores do Mundo na soma de seis aparelhos é inédito para nós. Além disso, ele ficou à frente do vice-campeão olímpico, o alemão Marcel Nguyen. Então, para nós, foi tudo muito positivo", analisou o treinador.

A disputa do individual geral em Tóquio foi vencida pelo ucraniano Oleg Verniaiev, com 90,835 pontos. O japonês Ryohei Kato ficou na segunda posição, com 90,175 pontos, à frente do britânico Daniel Purvis, com 89,250, e do espanhol Fabian Gonzalez, com 88,700 pontos.

Neste domingo, os ginastas competiram em três aparelhos e Sasaki conquistou 14,975 pontos no salto, 14,525 nas paralelas e 14,425 na barra fixa. No sábado, primeiro dia da etapa de Tóquio, ele fez outras três rotações e somou 15,150 pontos no solo, 14,300 no cavalo com alças, e 14,375 nas argolas.

Aviso Importante: O TNonline não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo que sejam postados por "USUÁRIO".

Atenção: Seu comentário passará por um filtro de moderação. O TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site.

Escreva seu comentário

escreva seu comentário

AntiRobo enviar comentário
Seu comentário foi enviado e aguarda aprovação.

Não perca tempo e seja o primeiro a comentar esta notícia.