ACIDENTE AM (ATUALIZADA)

ACIDENTE-AM - (ATUALIZADA)

FolhaPress, em Tribuna do Norte


Sobe para 15 o número de mortos



SÃO PAULO, SP, 29 de março (Folhapress) - Subiu para 15 o número de mortes em decorrência do acidente envolvendo um caminhão e um micro-ônibus na noite de ontem em Manaus (AM).

Domingos Messias de Souza, 60, foi diagnosticado com traumatismo cranioencefálico gravíssimo e não resistiu aos ferimentos. Internado com múltiplas lesões no Hospital 28 de Agosto, ele foi transferido ao Hospital Dr. João Lúcio e morreu na manhã de hoje.

Dos outros 14 mortos no acidente, uma mulher estava grávida e chegou a ser socorrida no local pelo Corpo de Bombeiros. Os médicos tentaram realizar o parto, mas mãe e criança não resistiram às lesões.

A Secretaria da Saúde do Amazonas, que das 17 pessoas que sobreviveram ao acidente, algumas delas, continuavam em estado grave. Outras duas mulheres que constavam na lista dos feridos, segundo a secretaria, morreram.

O balanço oficial de mortes e feridos no acidente foi atualizado no início da tarde de hoje.

O acidente aconteceu por volta das 20h (horário local) na avenida Djalma Batista, na zona sul de Manaus. Um caminhão invadiu a pista contrária e bateu de frente com um micro-ônibus da linha 825 (Centro - Bairro da Paz).

De acordo com a prefeitura da cidade, o caminhão pertencia a uma empresa terceirizada que prestava serviços para a Secretaria Municipal de Infraestrutura. A administração municipal decretou luto oficial de três dias.

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), acompanhou o atendimento aos familiares e às vítimas durante a madrugada e a manhã deste sábado. Ele cumpria agenda em São Paulo quando soube do acidente e cancelou seus compromissos para voltar a Manaus.






 

0
Comentário(s)
Publicar