tnonline.com.br

Apucarana

Mudar Localidade: Arapongas | Vale do Ivaí

  • Segunda-feira, 03 de Março de 2014
  • 30 ºC


  • 16 ºC
Selo IVC
Você está aqui: Página Inicial / Geral

Publicado em 08 de Julho de 2012, ás 08h46min

Richa libera convênios para pavimentação em 13 municípios

Recursos serão repassados por meio da parceria entre as secretarias de Infraestrutura e Logística e Desenvolvimento Urbano com as prefeituras

TNOnline AEN
Credito:AEN ( AEN)

 

O governador Beto Richa autorizou nesta semana a liberação de R$ 8,7 milhões para obras de pavimentação poliédrica e recuperação asfáltica em 13 municípios do Estado. Os recursos serão repassados por meio de convênio entre as secretarias de Infraestrutura e Logística e Desenvolvimento Urbano com as prefeituras, que oferecem contrapartida financeira equivalente a 20% do investimento total, em média. 

As obras de pavimentação poliédrica serão executadas nos municípios de Chopinzinho, na localidade de Santo Antônio, e Céu Azul, na estrada que liga a BR-277 até Nova União. Nas cidades de Umuarama, Vitorino, Dois Vizinhos, Santo Inácio, Sertaneja, Salto do Lontra e Apucarana vão ser realizadas obras de recuperação e pavimentação asfáltica. 

Arapuã e Santa Terezinha de Itaipu receberão recursos para obras de calçamento com pedra irregular e, em Bocaiúva do Sul, haverá pavimentação de vias urbanas com pedra angular. No trecho da PR-567, entre Araruna e São Lourenço será executada a implantação de interseção em nível. 

OBRAS URBANAS - Desde janeiro de 2011, o governo estadual já repassou R$ 402 milhões em recursos destinados a obras de infraestrutura urbana e equipamentos para os municípios paranaenses. Somente em financiamentos por intermédio do Serviço Social Autônomo Paranacidade foram liberados R$ 284,6 milhões. A maior parte dos recursos tem sido para pavimentação, já que 90% dos municípios do Paraná não possuem estrutura própria para asfaltar ruas. 

Para auxiliar os municípios, o governo liberou, a fundo perdido, R$ 73 milhões para 261 municípios recapearem ruas e avenidas com recursos do programa de Recuperação Asfáltica - Recap. Além de destinar recursos para pavimentação, a Secretaria do Desenvolvimento Urbano e o Paranacidade, em parceria com o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE). disponibilizaram R$ 45 milhões para compra de equipamentos rodoviários para a recuperação de vias urbanas e estradas rurais. Este programa deverá beneficiar 70 municípios paranaenses. 

Para o secretário do Desenvolvimento Urbano, Cezar Silvestri, a expectativa é elevar os números atuais de investimentos. “Caso se concretize uma linha de financiamento que a secretaria está pleiteando junto ao BID e mais a receita mensal, esperamos investir, no mínimo, outros R$ 600 milhões nos próximos 18 meses”, afirmou. 

RODOVIAS – Com relação à recuperação de rodovias estaduais, o governo elaborou o Programa Estadual de Recuperação e Conservação de Estradas (PERC), sob a coordenação do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), que investirá R$ 841 milhões em obras nos próximos dois anos. 

O projeto compreende três subprogramas O primeiro está voltado para a conservação de pavimentos, com investimento de R$ 291 milhões. O segundo refere-se à conservação e recuperação descontínua, com investimento de R$ 410 milhões e a terceira parte é destinada à conservação da faixa de domínio, com investimento de R$ 140 milhões. “Com esse programa o governo cobrirá com obras de recuperação e manutenção toda a malha pavimentada do Estado, garantindo melhores condições para o transporte de cargas e ampliando a segurança de todos os que trafegam pelas rodovias paranaenses”, disse o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho. 

Outros recursos, da ordem de R$ 19,5 milhões, serão aplicados em programas de recuperação e modernização da malha estadual, dirigidos especificamente para o setor de segurança e sinalização rodoviária, informa o DER. 

Também estão previstos recursos para a recuperação de pontes, patrulhas rodoviárias e outros projetos para atender situações particulares das estradas paranaenses. O investimento em todos os programas chega a R$ 1,253 bilhão. O DER acompanhará os serviços contratados para garantir o cumprimento dos contratos de restauração e conservação de rodovias. 

Valor dos convênios: 
 
1. Apucarana – R$ 2,77 milhões 
 
2. Arapuã – R$ 100 mil 
 
3. Araruna – R$ 244 mil 
 
4. Bocaiúva do Sul – R$ 156 mil 
 
5. Céu Azul – R$ 1,5 milhão 
 
6. Chopinzinho – R$ 397 mil 
 
7. Dois Vizinhos – 375,6 mil 
 
8. Dois Vizinhos – R$ 800 mil 
 
9. Salto do Lontra – 1 milhão 
 
10. Santa Terezinha de Itaipu – R$ 350 mil 
 
11. Santo Inácio – R$ 240 mil 
 
12. Sertaneja – R$ 220 mil 
 
13. Vitorino – R$ 600 mil

Aviso Importante: O TNonline não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo que sejam postados por "USUÁRIO".

Atenção: Seu comentário passará por um filtro de moderação. O TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site.

Escreva seu comentário

escreva seu comentário

O TNonline não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo que sejam postados por "USUÁRIO".

AntiRobo enviar comentário
Seu comentário foi enviado e aguarda aprovação.

Não perca tempo e seja o primeiro a comentar esta notícia.