PETROBRAS DENÚNCIAS

Nestor Cerveró, apontado responsável por erro, é exonerado

FolhaPress, em Tribuna do Norte





RIO DE JANEIRO, RJ, 21 de março (Folhapress) - Três dias depois de ser apontado pela presidente Dilma Rousseff como responsável pelo erro que a levou aprovar a compra da refinaria de Pasadena, nos EUA, o engenheiro Nestor Cerveró foi exonerado da diretoria financeira da BR Distribuidora.

A demissão foi tomada hoje em reunião do conselho de administração da BR Distribuidora, que tem a presidente Dilma Rousseff como presidente.

Nestor Cerveró está em viagem de férias.

O engenheiro conduziu as negociações para a compra de 50% da refinaria Pasadena, em 2006, que virou litígio e acabou custando US$ 1,18 bilhão.

O negócio é investigado pelo TCU, pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal.
 

0
Comentário(s)
Publicar