tnonline.com.br

Apucarana

Mudar Localidade: Arapongas | Vale do Ivaí

  • Segunda-feira, 03 de Março de 2014
  • ºC


  • ºC
Selo IVC
Você está aqui: Página Inicial / Região

Publicado em 12 de Setembro de 2012, ás 10h36min

BR-376 é interditada para detonação de rochas

Detonação foi acompanhada por representantes do exército, Copel e da América Latina Logística (ALL)

TNOnline Da Redação

 A concessionária VIAPAR interditou ontem (11) a BR-376 (Rodovia do Café) na tarde desta terça-feira (11), entre os quilômetros 209 e 210, em Mandaguari, entre as 16 e 17 horas, para a detonação de rochas onde está sendo construído o contorno da cidade.

Segundo o gerente de engenharia da empresa, Jackson Seleme toda a área foi isolada conforme exigem os protocolos. "É uma medida de segurança, uma vez que existem várias casas, linha férrea, redes elétricas, além das vigas pré-moldadas que estão sendo utilizadas na construção do viaduto do contorno”, informou.

A detonação foi acompanhada por representantes do Exército, Copel e da América Latina Logística (ALL). Desde que as obras do contorno foram iniciadas em novembro de 2011 já foram realizadas 30 detonações - outras 50 estão previstas. Elas geraram mais de 250 mil metros cúbicos de rochas, que estão sendo utilizadas na própria obra. A estimativa da empresa é que, todas as detonações, gerem 600 mil metros cúbicos de material.


O contorno de Mandaguari é uma obra prevista no contrato de concessão da VIAPAR. Vai custar para a empresa mais de R$ 90 milhões e terá extensão total de 9,9 quilômetros de pista dupla, com canteiro central de 6 metros. Ele começa no Km 210 da BR-376 (dois quilômetros após a praça de pedágio de Mandaguari, no sentido Maringá – Mandaguari) onde está sendo construído um grande viaduto. Terminará no km 203 da mesma rodovia, onde outro viaduto semelhante está sendo erguido.

Ele vai contar ainda com outros dois viadutos ferroviários, cinco passagens (trincheiras) para máquinas agrícolas e animais, além de quatro retornos em nível. Ao todo, serão utilizadas 69 mil toneladas de massa asfáltica e 2 milhões de metros cúbicos de terraplanagem. A VIAPAR também vai construir 1.400 metros de bueiros, 18 mil metros de canaletas para o escoamento de água, 10,5 mil metros quadrados de pintura para sinalização horizontal e 321 metros quadrados de placas para a sinalização vertical.

Aviso Importante: O TNonline não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo que sejam postados por "USUÁRIO".

Atenção: Seu comentário passará por um filtro de moderação. O TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site.

Escreva seu comentário

escreva seu comentário

O TNonline não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo que sejam postados por "USUÁRIO".

AntiRobo enviar comentário
Seu comentário foi enviado e aguarda aprovação.

Não perca tempo e seja o primeiro a comentar esta notícia.